Buscar
  • Farol Conteúdo e Joy Hostel

VIAJAR TAMBÉM É FAZER AMIGOS

Atualizado: 16 de Dez de 2020

Conheça a história de um hóspede que queria viver uma experiência diferente em Brasília e saiu dela tatuado e repleto de novos amigos


Você acaba de chegar ao seu destino e se pergunta: “por onde começo a conhecer a cidade?”. Há quem já saia do aeroporto com um mapa debaixo do braço, outros preferem roteiros diferenciados, feitos por quem mora no local e sabe exatamente onde estão as melhores experiências.


Pois foi justamente isso que aconteceu com Shawn, um americano que desembarcou em Brasília para passar alguns dias e acabou vivendo uma experiência inusitada que, literalmente, o marcaria para sempre.


Quem conta essa história é o recepcionista do Joy Hostel, Maurício Ximenes (o famoso Mauricinho):


Gosto de lembrar da história do Shawn, pois ele fez um pedido bem diferente rs!!! Inicialmente ele veio meio despretensioso a Brasília. Queria apenas conhecer a capital do país, mas não tinham muitos planos... Dias depois ele tava tão apaixonado pela vibe da cidade e do hostel que decidiu eternizar essa experiência com uma tatuagem. hahaha! Foi perfeito, porque eu também sou entusiasta das tattoos. E como ele não falava nada de português, falei pra ele ficar tranquilo que eu mesmo o acompanharia... Como sempre fazemos aqui no Joy, a gente se sentou, conversou e tentei entender bem o que ele queria, para assim poder planejar essa experiência.”


TATUAGEM

Mauricinho conversou longamente com Shawn para entender seu perfil e qual estilo de tatuagem ele buscava. Como fala inglês fluentemente, o papo rolou horas a fio até chegar em um passeio perfeito pela capital. Após pesquisar vários estúdios e explicar as vantagens de cada artista, foi escolhido o mais adequado para Shawn.


"No dia seguinte, de manhã cedo, estávamos eu e ele no lobby do hostel, nos preparando para sair. Fomos até estúdio e ele adorou a vibe... Fez a tatuagem que queria!! Depois de terminar a tatoo, o roteiro continuava em aberto.... Foi quando ele perguntou sobre opções de comida japonesa em Brasília. Me lembrei de um restaurante japonês que conheci por indicação de um hóspede japonês que se hospedou no Joy. O restaurante tem uma proposta parecida com a do Joy: foco na experiência. Ele adorou!”, recorda Maurício.



ESTICADA

Saindo do restaurante, a dupla decidiu tomar uma cerveja em uma rua muito frequentada pelos universitários de Brasília. Essa indicação, segundo o recepcionista, foi para mostrar ao seu novo colega seu estilo de vida.


“Ele tinha me falado sobre ele e agora era a minha vez de apresentá-lo ao meu estilo de vida, como um universitário de Brasília. Era um bar simples, mas ele ficou muito impressionado com o serviço acolhedor, com o valor dos produtos e como o brasileiro é aberto a conversar e fazer amigos. Passamos uma tarde bem animada, ouvindo boa música e trocando muitas experiências do Brasil e da França (lugar onde Shawn estava morando). Além de conhecermos várias pessoas que se sentaram conosco pra trocar idéias também hahaha.. Shawn trocou telefone com várias pessoas, que se tornaram novos amigos em sua jornada por Brasília!”



NOVAS EXPERIÊNCIAS

Na conversa no bar, Shawn descobriu outros pontos turísticos que fez questão de visitar: a Igrejinha da 107/108 sul, com azulejos de Athos Bulcão; a famosa pizza dupla de muçarela da Dom Bosco, e muito mais sobre a história da nossa cidade.


Depois de lá, Mauricinho deixou o Shawn no hostel, onde ele teve mais uma surpresa. Logo ao chegar, Shawn conheceu uma hóspede conterrânea, de San Diego, na Califórnia (foto abaixo). Já pensou? Vir até o Brasília e coincidentemente conhecer uma vizinha no seu país de origem? Os dois conversaram por horas e Shawn compartilhou com ela o seu dia inusitado pela capital do Brasil.

Shawn conhece uma conterrânea no Joy Hostel

“Essa é uma das histórias que eu mais gosto de contar sobre o hostel, pois foi um dia tão bacana, que até hoje, com milhares de quilômetros nos separando, o Shawn e eu mantemos contato e nós atualizamos sobre as novas experiências que temos vivido”.


Voltando para sua casa, Mauricinho sentiu-se realizado. Isso porque, além de ter dado para o hóspede um dia incrível, teve o prazer de participar delas em sua memória.


E você? Quer viver uma experiência como essa? Fale com a gente!!!






GUIAS PERSONALIZADOS PARA VOCÊ

Aqui no Joy Hostel, oferecemos a todos os nossos hóspedes um guia personalizado, de acordo com o que eles gostariam de conhecer na nossa capital. E o melhor tudo: fazemos isso porque gostamos e queremos garantir uma experiência incrível. Não há custo extra algum pra o hóspede!!


Para ter seu guia em mãos, basta sentar-se com algum dos nossos colaboradores e contar um pouco sobre você, quanto tempo terá disponível e sobre o que gosta de fazer: turismo gastronômico, de aventura, cultural, místico ou qualquer coisa que faça sentido pra você.


Depois de entender um pouco mais sobre você, a gente faz nosso dever de casa e seleciona as melhores opções disponíveis na cidade ou aqui por perto. O retorno dos hóspedes é incrível: 100% de satisfação e muitas novas amizades. Venha nos conhecer!



57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo